domingo, 9 de maio de 2010

Esclarecimentos iniciais sobre nossa peregrinação - Caminho Francês

Como já falei em um outra postagem, fazer o Caminho a Compostela era um sonho acalentado pela minha mãe, que em 2007 passou a ser meu também e desde então vim trabalhando para a realização desse projeto.


Minha mãe queria peregrinar em um Ano Santo e foi quando verifiquei que 2010 seria um Ano Santo, e que o próximo somente ocorrerá em 2021.
Falei: mãe, é agora ou nunca!
Com o espírito religioso decidimos também visitar os Santuários de Lourdes e de Fátima.

Para se fazer o Caminho Francês integralmente a pé é necessário cerca de 32 a 33 dias.

Para os que acompanharão as etapas desta caminhada esclareço que por motivos de saúde de minha mãe, da pouca resistência fìsica dela e também do pouco tempo para o qual surge nossa proposta, nosso percurso restou assim:


a) de Saint Jean Pied du Port - início a pé até Los Arcos (7 dias de caminhada)
b) de Los Arcos a Logroño - tomamos um ônibus.
c) de Logroño a Burgos - tomamos um ônibus.
d) de Burgos a León - tomamos um ônibus.
e) de León a Astorga - tomamos um ônibus.
f) Astorga a Rabanal del Camino - contratamos um motorista para nos trazer pois não havia ônibus.
g) Rabanal del Camino - Retomaremos o caminho a pé amanhã dia 11/07/2010.


Infelizmente minha mãe não tem aguentado trajetos muitos longos e por isso tivemos que pular etapas para poder dividir outras etapas mais na frente que seriam feitas em um dia para serem feitas em 2 dias.


Bem, guardo comigo um projeto para assim que possível realizar a pé o Caminho Aragonês integralmente, e assim dessa forma acabar fazendo 2 em 1 (Francês e Aragonês), como disse essa é uma ajuda para que minha mãe realize o sonho dela.
E eu estou pegando uma "palhinha" do que é Caminhar a Santiago de Compostela.

Para aqueles que não sabem o Caminho Aragonês se encontra com o Caminho Francês em Puente La Reina. Quem sabe um dia!

Tenho agora que guardar férias pois pude perceber que ao se andar mais de 20km por dia você chega terrivelmente cansado nas cidades e não tem ânimo algum para sair batendo perna na cidade na tentativa de conhecê-la. Tudo o que o peregrino quer é cama. Descansar as pernas porque no dia seguinte tem mais.